30 de dezembro de 2011

O Sonhador

Um Diálogo Com  a Voz da Terra 

Alfred Tennyson



000000000000000000000000000000000000000000

Nota Editorial: 

Alfred Tennyson (06 de agosto de 1809 - 06 de
outubro de 1892) foi amplamente considerado um
sábio em sua época, e é um dos poetas mais citados
na literatura teosófica. “O Sonhador” (“The Dreamer”)
examina a ideia de uma futura era de ouro em nosso planeta.
Este foi o último poema escrito por Tennyson. [1] Constitui  
uma meditação filosófica sobre a consciência planetária
e a fraternidade universal. O poema conclui com uma
referência à música das esferas da tradição pitagórica.

(Carlos Cardoso Aveline)

00000000000000000000000000000000000000000000000




No meio de uma noite no meio do inverno, quando tudo estava morto
   exceto os ventos,
Em sua cabeça ressoava uma frase da Escritura: “Os Humildes Herdarão a Terra.”
Até que em sonhos ele percebeu uma Voz da Terra passando por ele,
   e ela dizia, em tom de lamento:

“Estou perdendo a luz da minha juventude
E a visão que tempos atrás me conduzia,
E me bato de frente com uma Verdade de ferro,
Quando me esforço por uma Era de ouro;
E gostaria que a minha raça terminasse, porque,
Repleta de mentirosos, de loucos e patifes,
Cansada de autocratas, rebeldes e escravos,
Escurecida pelas dúvidas sobre uma fé que salva,
Coberta de sangue pelas batalhas, oca com tantas sepulturas,
Acompanhada pelo lamento dos meus ventos e pelo gemido
   das ondas do mar,
Eu giro, e sigo girando em torno do Sol.”

Seria apenas o vento da Noite soprando Desolação e engano,
Através de um sonho sobre a escuridão?
E no entanto ele pensou estar respondendo aos lamentos dela
   com uma canção -

Tuas perdas te arrancam gemidos, oh Terra
Exausta e de coração cansado!
Mas tudo o que termina bem é bom.
Gira, e segue girando em torno do Sol!

Ele avança de céu em céu,
E as perdas são menores que os ganhos,
Porque tudo o que termina bem é bom.
Gira, segue girando em torno do Sol!

O Reino dos Humildes sobre a Terra
Oh vida cansada, não começou?
Porém, tudo o que termina bem é bom.
Gira, e segue girando em torno do Sol!

Porque os teus lamentos se transformarão
   na música das esferas,
Ou tua raça desaparecerá para sempre!
Tudo aquilo que termina bem é bom.
Gira, segue girando em torno do Sol!


NOTA:

[1] Traduzo o poema do livro “Selected Poems”, Alfred Tennyson, Gramercy Books, New York, 1993, 256 pp., pp. 96-97. A informação de que “O Sonhador” foi o último poema escrito por Tennyson está na p. 8 do mesmo volume.  (CCA)

000

Em setembro de 2016,   depois de cuidadosa análise da situação do movimento esotérico internacional, um grupo de estudantes decidiu formar a Loja Independente de Teosofistas, que tem como uma das suas prioridades a construção de um futuro melhor nas diversas dimensões da vida. 

000 

O grupo SerAtento oferece um estudo regular da teosofia clássica e intercultural ensinada por Helena Blavatsky (foto). 


Para ingressar no SerAtento, visite a página do e-grupo em YahooGrupos e faça seu ingresso de lá mesmo. O link direto é este:   


000