11 de julho de 2018

O Teosofista - Julho de 2018




A edição de julho abre com a nota intitulada “A Disciplina da Palavra Escrita”, que afirma:

“Toda tarefa editorial assume caráter probatório quando ocorre no território das ideias teosóficas clássicas. A luta com as palavras se desdobra simultaneamente em vários níveis de consciência, cujo contraste e diferença provocam desafios consideráveis. O estudo, a redação e a tradução de um texto teosófico são portanto processos multidimensionais, que precisam ser feitos e refeitos desde vários ângulos.”

À página três, temos o artigo “O Erro Fácil e a Difícil Ação Correta”.

Nas páginas quatro a seis, “Ensinamentos de um Mahatma - 14”. É mais um artigo da série que reúne as Cartas do Mestre de Helena Blavatsky, seguindo o trabalho editorial realizado pela nossa publicação em inglês “The Aquarian Theosophist”.

Na sequência, apresentamos “Os Capítulos Sete a Onze do Tao Teh Ching”. Trata-se da versão que Lin Yutang fez da obra chinesa imortal.

As páginas 10 a 16 trazem a tradução do prefácio e do primeiro capítulo do livro “Etocracia”, do barão de Holbach. A edição francesa de 1776 está disponível em PDF nos websites associados.

A edição possui 17 páginas e inclui a lista dos 26 itens - inclusive 5 livros - publicados recentemente em nossas bibliotecas online.



000

A coleção completa de “O Teosofista” está disponível em nossos websites associados.

000

O grupo SerAtento oferece um estudo regular da teosofia clássica e intercultural ensinada por Helena Blavatsky (foto). 


Para ingressar no SerAtento, visite a página do e-grupo em YahooGrupos e faça seu ingresso de lá mesmo. O link direto é este:


000