11 de maio de 2013

O Segredo da Bondade

Carlos Cardoso Aveline




Quem é bondoso de fato
não renuncia
à sua própria consciência  
para obedecer à vontade de outro ser.

Nem para ceder às ordens
de algum mestre externo.

Nem às pressões de uma organização.

Um ser bondoso de fato
 não se deixa manipular.

Não teme a aparente solidão,
e a acolhe quando  necessária.

Não cai em chantagens
emocionais, mas abre  
um caminho novo. 

A cada passo
o ser bondoso busca sabedoria.
E assim cresce a paz em seu coração.  

Nele o desejo mutável da alma mortal 
perde força, diante da vontade firme,
e luminosa, e estável, da alma espiritual.

Por um detalhe apenas,
ele pode ser chamado de altruísta:

porque vê que sua verdadeira alma
é também a alma de todos.

Mas ele compartilha a alma,
e não a máscara, dos outros.

Ele compartilha a calma,
e não a ignorância ilusória 
de quem não conhece a si mesmo. 

Sua bondade é secreta.
Nem todos a veem.
Nem todos a querem ver.


000

(Outubro 2004 - Maio 2013)

000

O grupo SerAtento oferece um estudo regular da teosofia clássica e intercultural ensinada por Helena Blavatsky (foto). 


Para ingressar no SerAtento, visite a página do e-grupo em YahooGrupos e faça seu ingresso de lá mesmo. O link direto é este:   


000