12 de julho de 2015

Examinando ‘Luz no Caminho’

Edição Luso-Brasileira de 2014 é
A Mais Bem Documentada Desde 1885

Joana Maria Pinho



O prólogo da edição luso-brasileira de “Luz no Caminho” dá informação valiosa sobre o fracasso ético de sua coautora, Mabel Collins, e aborda a origem comum de “Luz no Caminho” e “A Voz do Silêncio” - que é o “Livro dos Preceitos de Ouro”. 

A aspiração ao discipulado é apresentada de forma realista e descomplicada ao longo do prólogo de 2014.  Com 85 páginas, a edição do “Aquarian Theosophist” se destaca de todas as outras feitas até ao momento, em qualquer idioma.

Assim como “A Voz do Silêncio”, a obra “Luz no Caminho” é dedicada a quem aspira a transformar-se em um novo ser, mais aperfeiçoado e próximo da natureza divina, altruísta, justa e fraterna. Os dois livros visam lançar e cultivar as sementes da aspiração ao discipulado nos corações daqueles que leem, estudam e tentam vivenciar seus preceitos. 

“Luz no Caminho” coloca os ensinamentos numa linguagem mais acessível para o estudante ocidental, mas a obra apresenta falhas em pontos fundamentais da filosofia esotérica.

A edição de 2014 fez das falhas de MC o que todo ser humano deve fazer com qualquer erro: transformou-as em fonte de aprendizagem para os estudantes. Ao longo do livro, seja através do prólogo, seja através das notas de pé de página colocadas nos pontos sensíveis, o  leitor é alertado  sobre os erros através da apresentação do ensinamento na sua forma verdadeira e original.

Está mais do que na hora de colocar ao alcance daqueles que buscam ajudar o progresso da humanidade a literatura teosófica sem as contaminações do passado egoísta em que alguns sectores do movimento teosófico caíram. A equipe editorial de nossos websites e e-grupos associados, assim como seus leitores e colaboradores, tem feito um trabalho de grande importância nesse sentido.

A publicação passo a passo de “A Doutrina Secreta” e os livros “The Fire and Light of Theosophical Literature” e “Luz no Caminho” são exemplos vivos da busca pelo despertar da humanidade para a justiça e para o seu potencial fraterno.

A obra “Luz no Caminho” recomenda:

“Lembra que o pecado e a vergonha do mundo são o teu pecado e a tua vergonha; porque tu és parte do mundo; o teu Carma está inevitavelmente ligado ao grande Carma.” [1]

A revolução que o mundo necessita não está na economia nem na política, mas nos corações dos seres humanos. 

Precisamos purificar nossas intenções e agir servindo o conjunto da humanidade. O bem não se encontra satisfazendo as vontades pessoais, ele constrói-se através do autoconhecimento, do convívio com o eterno e do trabalho de cada um por todos e de todos por cada um. E essa não é uma realidade distante, ela é uma experiência possível de se viver estudando e colaborando com a Loja Independente de Teosofistas. 

NOTA: 

[1] “Luz no Caminho”, de M.C., Tradução, Notas e Prólogo de Carlos Cardoso Aveline, The Aquarian Theosophist, 2014, 85 pp., p. 21.

000

Uma versão inicial do artigo acima foi publicada na edição de junho de 2015 de “O Teosofista”.

000

Em setembro de 2016, depois de cuidadosa análise da situação do movimento esotérico internacional, um grupo de estudantes decidiu formar a Loja Independente de Teosofistas, que tem como uma das suas prioridades a construção de um futuro melhor nas diversas dimensões da vida.

000 

O grupo SerAtento oferece um estudo regular da teosofia clássica e intercultural ensinada por Helena Blavatsky (foto). 


Para ingressar no SerAtento, visite a página do e-grupo em YahooGrupos e faça seu ingresso de lá mesmo. O link direto é este:   


000