7 de agosto de 2020

O Teosofista - Agosto de 2020





A edição de agosto começa com uma oração clássica de Kalidasa, “Saudação ao Alvorecer”.

À página dois, temos “A Simplicidade da Alma Permite Aceitar a Verdade”. Em seguida, “Um Fato Óbvio Que Poucos Percebem”. Os dois textos examinam a substância e a natureza do conhecimento espiritual. Depois o leitor encontra “A Lei Escreve Certo Por Linhas Tortas”. Na página sete, os primeiros parágrafos do artigo “A Lição dos Anabatistas”.

A edição aborda:

* A Chave da Criação do Tempo (p.8).

* As Doze Ilusões (p.9).

* Informe Sobre o Brasil: O Testemunho de um Historiador em Livro de 1730 (p.11).

* A Boa Vontade Verdadeira Sabe Esperar (p.12).

* Portu-Gral, a Nação Templária (p.13).

* Helena Blavatsky e a Sabedoria Divina (p.15), e

* Ideias ao Longo do Caminho: Como Se Perdeu a Memória Sobre Pedro Álvares Cabral (p.16).

Com 18 páginas, o Teosofista inclui a lista dos itens publicados recentemente em nossos  websites.  


000

A coleção completa de “O Teosofista” está disponível nos websites associados.

000

O grupo SerAtento oferece um estudo regular da teosofia clássica e intercultural ensinada por Helena Blavatsky (foto). 


Para ingressar no SerAtento, visite a página do e-grupo em YahooGrupos e faça seu ingresso de lá mesmo. O link direto é este:   


000